terça-feira, 26 de janeiro de 2010

6o Ano - NOCÕES DE CRONOLOGIA


História: É uma representação do passado – o que nos contam é uma representação daquilo que já aconteceu.
- Representar: significa tornar algo ou alguém presente
- História: não tem apenas uma única definição, porém, ela ocupa-se da temporalidade.
- Os instrumentos de trabalho da história são o tempo e o espaço.

Noções de Cronologia:
- Cronologia: chronos (tempo) + logos (estudo). É a ciência que estuda as várias formas de estudar o tempo.
- Ordem Cronológica: contar o que ocorreu antes seguido do que ocorreu depois.
- Nossos ancestrais: contavam o tempo pela passagem dos dias, do amanhecer e anoitecer, etc, elementos naturais.

Antiguidade: egípcios estabeleceram que um dia tinha 24 horas. Além disso, os povos antigos perceberam que a cada 7 dias, a lua mudava de forma (semana). Perceberam também que o intervalo entre duas luas novas se dava em 30 dia (mês). Com relação à cheia dos rios, determinou-se que os anos teriam 365 dias.

Vocabulário das medidas do tempo:
1. Sucessão: seqüência, o que aconteceu antes, durante e depois: presente – passado – futuro
2. Contemporâneo: indica simultaneidade. Um exemplo seria a vida de Aristóteles e Alexandre Magno.
3. Alto, baixo: São elementos emprestados da Geografia e indica tempos iniciais e finais.
4. Genealogia: Localiza nossos antepassados no tempo.
5. Periodização: intervalos e períodos ordenados para entendermos os fatos históricos, como manhã – tarde – noite. Ex: 1. Pré-História e História- divide a história em dois períodos, ou seja, antes e depois do aparecimento da escrita. 2. Era Cristã: tempo a partir de Jesus (ano 1 d.C).

Calendários: Nós utilizamos o calendário cristão. Os judeus e os muçulmanos contam o tempo de forma diferente: os judeus iniciam sua contagem a partir da data da criação do mundo (07/10/3761 a.C), enquanto os muçulmanos contam a partir da Hégira, data em que Maomé fugiu de Meca 622 d.C. A data tem sempre indicação precisa (dia, mês, ano). Quando o episódio ocorre sem data exata, indicamos por séculos ou milênios em que aconteceram.

Contagem dos séculos: do I ao X – indicados através de numerais ordinais. Do XI em diante através de numerais cardinais. Os séculos seguem as designações a. C e d.C.

Como contar: Quando terminados em 00, as centenas indicam o século. Ex: 800 século VIII e 1300 XIII. Os demais anos basta adicionar + 1 ao algarismo da centena. Ex: 1337 – 13+1 = 14
1789 – 17+1 = 18
2003 – 20+1 = 21

Exercícios: p. 88


Origem do nome dos meses e semana

Origem: até Numa Pompílio inserir janeiro – (Jano = porteiro celestial) e fevereiro (febrium = purificação)
Semana: Tem seus nomes inspirados em Lua, Sol, Marte, Mercúrio, Júpiter, Venus, Saturno. Tem origem no calendário dos caldeus, povos pagãos. Por conta disso, incorporou-se a nomenclatura cristã: feira = festa ou dia de oração + Shabat (sábado) e Dominus (dia do senhor). Essa nomenclatura apenas permaneceu em Português.

Exercícios: 03 - 08 p. 111

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário